«

»

May 29

Art Cuisine – Ep.02

No episódio de hj: R.U. campus Curitiba – O dia da bisteca

– Pratos do Dia –

Arroz, feijão de cor, arroz “colorido”, tutu de feijão e a famosa bisteca. Saladas de cenoura, verde e chuchu.

– Comentários –

Arroz: começo a perceber que para pegar um arroz bom é preciso sorte e um pouco de planejamento estratégico. Com as filas praticamente nulas durante o período de greve é possível pegar um arroz recém colocado no buffet, principalmete assim que o almoço começa a ser servido. Nota mental: procurar checar a qualidade do arroz após às 13h.

Arroz colorido: esta é uma variedade surpresa no RU. Dependemos da criatividade e disposição de alguma alma caridosa para que este prato diferenciado seja servido. Mais temperado e saboroso que o arroz comum é uma ótima pedida para aqueles dias em que o resto da comida parece sem gosto, como foi o caso de hj. Segunda nota mental: algo nesse arroz me lembra glutamato.

Feijão de cor: feijão miudinho e um caldo numa boa espessura. Apesar de ser possível ver um pouco do alho ainda boiando não pude sentir o seu gosto forte, o que corrobora o meu comentário de que o povo do RU finalmente está aprendendo a maneirar no alho.

Tutu de feijão: normalmente o tutu de feijão é muito bom, porém este estava com um gosto fraco, quase sem tempero. Bacon é um elemento lendário por aqui, por isso não acredito que aparecerá tão cedo nas dependências deste RU, portanto seria esperar demais que o tutu fosse temperado com o tradicional bacon. O que eu consegui encontrar foi linguiça e em pouquíssima quantidade. Esta ecomomia de ingredientes deixou, acredito eu, o tutu com um gosto meio xoxo.

Bisteca: bom, já briguei com esta bisteca algumas vezes e posso informar que é um prato de extremos. Há algum tempo atrás seria necessário um lightsaber para poder cortar a carne, porém hoje foi possível usar a faca fornecida pelo estabelecimento. O que se pode notar é que algumas pessoas comem uma bisteca de porco com um certo cuidado, talvez pelo medo que nos é passado durante os primeiros anos na escola a respeito da cisticercose. Existem muitos mitos e verdades a respeito da carne do porco. Sim, é possível que a carne de porco contenha parasitas, assim como é possível que a carne de boi também contenha…tudo depende da origem. Nos resta confiar que exista alguém responsável por fiscalizar a procedência da carne que é entregue ao RU.

O problema da bisteca hoje foi o sabor que não sei por qual motivo me lembrou o gosto de frango. Ou houve uma economia de tempero ou o tempero se perdeu quando a carne foi assada. Além disso, algo nessa bisteca me lembrou gosto da carne que a gente faz e guarda na geladeira pra comer depois.

Salada: padrão. Com a falta de sabor desse almoço é um ótimo complemento. Só deem um tapa a mais no sal que ele sai 😛

Considerações Finais

Hoje foi um almoço praticamente com gosto neutro e o arroz “colorido” foi o único prato a dar sabor à comida (glutamato talvez?). É a primeira vez que como tutu de feijão no RU e me entristece saber que conseguiram estragar um segundo prato que é simples de ser feito. Além disso, estou de olho na evolução da bisteca. Se for pra servir carne quem ela tenha gosto.

Então por hoje é só, até o próximo episódio caros nerds…VAZEM DA MINHA COZINHA!!!

 

1 comment

  1. hmmmm

    mas falta bacon até no x-bacon do RU…. padrão …hahahaha

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>